gtag('set', {'user_id': 'USER_ID'}); // Defina o ID de usuário usando o user_id conectado. Soft skills: Por que as Empreendedoras precisam tanto delas?

Soft skills: por que as empreendedoras precisam tanto delas?

Soft skills: por que as empreendedoras precisam tanto delas?

Na sua jornada empreendedora, você já deve ter percebido que conhecimentos técnicos e vivências profissionais são importantes, mas não suficientes para gerenciar sua equipe e enfrentar o dia a dia do seu negócio, não é mesmo? Isso porque existem capacidades, conhecidas como soft skills, que são fundamentais para a construção de uma liderança sólida e para inovação e criatividade.


Afinal, o que são soft skills?

Hard skills é o nome que se dá as técnicas e competências que listamos em um currículo e que nos foram passadas por meio de capacitação. Por outro lado, existe um conjunto de habilidades que não são aprendidas em um curso. Elas são as soft skills, aptidões mentais, emocionais e sociais que desenvolvemos ao longo de nossas experiências e nas relações. Alguns exemplos são:

Saber trabalhar em equipe;

Falar bem em público;

Ter empatia.


Por que elas são importantes?

Exercitar soft skills é uma iniciativa muito valiosa. Afinal, gerenciar um negócio é uma empreitada desafiadora que exige muito mais do que conhecimento acadêmico.

Além de ter que coordenar um time e enfrentar uma nova rotina de trabalho, mulheres ainda precisam estar atentas ao mercado, tendências, concorrentes etc e, simultaneamente, equilibrar questões pessoais. Tudo isso é fonte de muita pressão.

Dessa forma, as soft skills ajudam empreendedoras a manter uma postura centrada e produtiva, saber como lidar melhor com as pessoas e extrair o melhor delas.


Quais são as principais soft skills para uma empreendedora?

Gerenciar crises, tomar decisões críticas e adaptar-se às mudanças do mercado são apenas alguns exemplos dos desafios que uma empreendedora precisa lidar no seu dia a dia. Para contorná-los, algumas soft skills são grandes aliadas. Conheça algumas:


Comunicação eficiente

Ter um bom domínio da comunicação escrita e verbal é determinante para conseguir transmitir propostas, opiniões e estratégias com clareza. Assim, você consegue não só cativar a atenção dos outros, mas também se expressar de forma compreensiva e garantir que sua mensagem é passada com eficácia.


Flexibilidade cognitiva

Ser maleável é sempre bom, principalmente quando a pessoa é capaz de ampliar horizontes e considerar novos caminhos. Nesse sentido, a flexibilidade cognitiva está ligada ao pensamento arrojado, a prática de desafiar pontos de vista, fazer associações, enxergar novos padrões e sair da zona de conforto, itens cruciais para construção de negócios inovadores.


Orientação de serviço

Para alavancar as vendas, a competência de orientação de serviço é vital, pois ela fala sobre conseguir orientar corretamente os clientes sobre uma solução. Mais do que isso, é a capacidade de conhecer a fundo seu público e estabelecer um laço com ele a ponto de criar produtos ou serviços que sejam adequados a sua realidade e demandas.


Por fim, o mercado está em constante evolução, passando por profundas (e rápidas) transformações digitais, econômicas e sociais. Nesse cenário, as soft skills ganham protagonismo, pois elas estão ligadas ao talento humano de ser criativo, maleável e inteligente.


Por isso, como empreendedora, você não pode deixar de desenvolvê-las e explorar seu potencial, que é o maior ativo do seu negócio!


Fonte: http://feminaria.com.br/soft-skills-por-que-as-empreendedoras-precisam-tanto-delas/



© 2018 por Walter Filho. Criado orgulhosamente para ClickNails ©

siga-nos

CNPJ 28.468.904/0001-65
(62) 9 8207 - 2045